Quinta-feira, 30 de Janeiro de 2014
30.01.2014 - Por Fora de Série, às 15:21

 

O Espace Louis Vuitton Venezia acaba de inaugurar a sua segunda exposição desde a abertura deste espaço cultural, em Junho do ano passado. Sob o título “Renaissance”, esta mostra, que abriu ao público na passada sexta-feira e se prolonga até dia 25 de Maio, propõe um confronto inesperado entre a obra de Vittore Carpaccio (1465/1470 – 1525/1526), um dos grandes mestres da Escola de Veneza e o artista contemporâneo  norte-americano Bill Viola (1951).

Com “Renaissance - Carpaccio & Bill Viola” estamos, uma vez mais, perante um diálogo entre a arte contemporânea e a herança artística da cidade de Veneza. O primeiro, recorde-se, foi com a exposição “Where Should Othello Go?” que colocou face a face a obra e o talento de Pompeo Molmenti e de Tony Oursler.

Mais de meio milénio separa as pinturas de Vittore Carpaccio e as apresentações em vídeo de Bill Viola, uma distância temporal encurtada, no entanto, pelas  questões e preocupações similares que encontramos na obra de um e de outro: “o sentido da vida, a semelhança paradoxal do nascimento e morte, a importância do movimento e a expressão das emoções, o tempo suspenso, a constante mutação cromática”.  IQ

 

Tags: