Sábado, 25 de Julho de 2015
25.07.2015 - Por Fora de Série, às 13:00

Merkel-2.png

A Dona da Europa e o Dono do Mundo são dois “Figurões” da mais recente colecção de homenagem ao legado artístico de Raphael Bordallo Pinheiro. Inspirados em desenhos de António, um dos maiores cartoonistas portugueses da actualidade, casam a ironia com o reconhecimento pela influência histórica das cinco personalidades visadas: Angela Merkel, Barack Obama, Papa Francisco, Eusébio e Mário Soares. Cada Figurão é acompanhado por descrições de João Quadros e Rui Zink.  

A chanceler alemã, a figura mais poderosa em seis décadas de democracia, está representada com uma águia negra, símbolo de poder. Barack Obama, Presidente dos Estados Unidos da América, dotado de grandes orelhas, significando a capacidade dos EUA de estar em todo o lado através da sua influência. “um grande político, num tempo em que raramente dizer isto é um elogio”, descreve Rui Zink. Adepto do clube argentino San Lorenzo de Almagro, e por isso vestido com o equipamento de guarda-redes, está o Papa Francisco. As palavras de João Quadros explicam: “O Papa Francisco é um falso rápido, não adorna as jogadas mas cria muito jogo sem sair do mesmo lugar”.

Entre os “Figurões” nacionais está Eusébio, que muitos apelidam de Rei, que é caricaturado com o mundo aos pés e as asas da águia Benfiquista. E Mário Soares, figura incontornável de Abril, que não poderia deixar de estar representado com um cravo, a fazer de chapéu-de-chuva.

Raphael Bordallo Pinheiro (Lisboa, 1846 -1905) está indissociavelmente ligado à caricatura portuguesa e a uma qualidade até então inexistente neste campo - é o pai da figura “Zé Povinho”, que se tornou um símbolo do povo português. Mas Raphael foi também desenhador, aguarelista, ilustrador, decorador, caricaturista, jornalista e ceramista. Uma figura marcante no panorama artístico português homenageada através de importantes personalidades nacionais e internacionais. CSB

Obama2.png