Sexta-feira, 14 de Agosto de 2015
14.08.2015 - Por Fora de Série, às 13:30

Quinta-do-Crasto_Piscina.png

 

Uma proposta de descanso na mais antiga região demarcada do mundo e Património Mundial da UNESCO. Mais precisamente na Quinta do Crasto, com visitas e provas vínicas, ou uma tarde na piscina assinada por Souto Moura.

A Quinta está situada na margem direita do Rio Douro, entre a Régua e o Pinhão, numa propriedade com 130 hectares, 70 dos quais ocupados por vinhas. É detentora do Certificado de Excelência atribuído pelo TripAdvisor, um dos mais importantes sites internacionais de viagens. Em 2014, recebeu mais de três mil visitantes, nacionais e estrangeiros. Não se julgue pelos números que é um local barulhento ou agitado, os programas disponíveis têm por filosofia exactamente o oposto: paz e serenidade.

Para quem pretende ficar mais do que um dia, este Enoturismo tem sugestões de passeios na propriedade ou nos barcos Pipadouro, Douro acima ou abaixo. Antes, ou depois, vale a pena saborear uma refeição típica da região, baseada em receitas da família de Leonor e Jorge Roquette – os proprietários – e confeccionada com produtos biológicos da propriedade, como hortícolas, frutas, azeites e os incontornáveis vinhos Quinta do Crasto.

Se o tempo é de passagem, a sugestão é de um passeio pelas vinhas, que inclui as famosas Vinhas Velhas, adega e cave de barricas; seguido de uma prova de cinco vinhos, devidamente acompanhados pela história de cada um.

Em suma, quer seja por umas horas, ou por uns dias, serão momentos de genuinidade na mais antiga região demarcada do mundo, numa paisagem de suster o tempo. CSB