Quarta-feira, 10 de Setembro de 2014
10.09.2014 - Por Fora de Série, às 19:39

 

Cartier,  Chanel, Chaumet, Piaget, Bulgari, Dior, Alexandre Reza, Boucheron, David Morris, Van Cleef & Arpels, são algumas das marcas de alta joalharia que, a partir de amanhã, vão estar em destaque no Grand Palais onde, até dia 21 de Setembro, decorre a 27ª Bienal dos Antiquários de Paris.

Num cenário concebido pelo ‘designer ‘de interiores Jacques Grange que, para a ocasião, recriou os jardins de Versailles com a ajuda dos jardineiros do palácio, os joalheiros presentes no certame apresentam as suas colecções especiais, criadas expressamente para aquela que é, sem dúvida, uma das mais prestigiadas feiras de arte, antiguidades e joalharia do mundo, cuja fama remonta a 1956.

 

 

Para a Cartier, a ocasião ditou uma viagem até à origem basilar de um ofício centenário que é essência da fama da casa: a pedra. E é uma colecção de pedras excepcionais que a marca leva este ano ao Grand Palais, desde o mais puro diamante, à mais perfeita safira, às esmeraldas, aos rubis, às opalas.

 

 

A Piaget, que este ano celebra os seus 140 anos, participa também no certame com uma colecção criada especialmente para o evento. São 37 relógios e 88 peças de alta joalharia que reflectem o perfil da marca e, como tal, a colecção só poderia chamar-se “Extrêmement Piaget”.

 

 

No caso da Chanel, que participa pela 5ª vez na Bienal dos Antiquários, esta será  a ocasião para mostrar a recentemente lançada colecção de alta joalharia “Café Society”, naturalmente enriquecida com 18 peças inéditas cujos temas remetem para o gosto pelas viagens e para o exotismo que caracterizaram o espírito da fundadora da marca: “Autumn in Shanghai”, “Winter in France”, “Spring in Venice” , “Summer in New York” e ainda “The Bird Cage”, um relógio, peça única, inspirado numa gaiola de pássaros em miniatura, um dos muitos bibelots que decoravam o apartamento de Coco Chanel. 

 

 

Também a Chaumet leva ao Grand Palais uma nova colecção concebida especialmente para a Bienal. Homenagem à água, símbolo da vida e do renascimento, esta colecção constituída por 53 peças de alta joalharia organizadas por 12 conjuntos, recebeu o nome simples e elucidativo que remete para o elemento inspirador: “Lumières d’Eau”. IQ