Terça-feira, 30 de Dezembro de 2014
30.12.2014 - Por Fora de Série, às 18:03

_MG_0067.jpg

 Fotografias de Paulo Alexandre Coelho

 

Declarámos no início de Dezembro que este é o mês do cavalheiro moderno. Até ditámos aqui 32 regras, num tom ligeiramente humorístico, para se ser cavalheiro no século XXI. Se as cumpriu a todas, então merece uma bebida extraordinária para celebrar. Lançámos o desafio ao bar do Hotel Ritz Four Seasons, já um ícone da cidade de Lisboa, de criar um ‘cocktail’ Chivas/Fora de Série. Uma bebida que incluísse whisky Chivas, mas com um toque irreverente… fora de série!

Ao balcão do bar, Luís Mendes, chefe de bar do Ritz, preparou a sua criação, explicando passo a passo como esta é feita. O resultado foi uma bebida com um sabor a whisky frutado, não demasiado doce, graças ao chá de roiboos e baunilha, mas certamente mais fácil de beber do que wisky puro. O copo utilizado foi a típica taça de ‘cocktail’, que este associa aos “tempos modernos”. Quase que podemos imaginar James Bond, um verdadeiro ‘modern gentleman’, a saborear a bebida, no meio de uma das suas missões. Excepto que este raramente fugia ao seu Vodca Martini...

 

_MG_9943.jpg

 

Se este ano passa o ‘réveillon’ em casa, não deixe de experimentar a criação de Luís Mendes, que garante que esta pode ser reproduzida por qualquer pessoa. Confira a receita do ‘cocktail’ Chivas/Fora de Série que aqui deixamos. E, já agora, se ainda não teve tempo de se fazer membro do Chivas Club - para poder usufruir dos passatempos, conteúdos exclusivos e convites para experiências únicas - clique aqui

 

Chivas/Fora de Série

Ingredientes

Para fazer o 'cocktail' Chivas/Fora de Série precisa de Chivas Regal 12 anos (2 a 3 cl), licor Chambor (2 cl), Chá rooibos e baunilha, framboesas frescas, morangos e uma vagem de baunilha.

 

Preparação

Antes de tudo, encher a taça que vai ser utilizada para servir a bebida com gelo, para refrescar. Preparar a infusão de chá com pouca água e, de seguida, refrescar o chá com gelo (em alternativa, pode preparar em avanço e pôr no frigorifico). Colocar 5 framboesas num ‘shaker’ e verter 3 cl de chá. Com um almofariz fazer a maceração até que fique bem misturado e, de seguida, coar com um ‘strainer’ para o outro recipiente do ‘shaker, de forma a que fique apenas com a essência do chá, sem nenhuma impureza. Colocar o licor Chambor, o whisky Chivas e gelo no recipiente, fechar e misturar. Verter a mistura do ‘shaker’ para o copo, com a ajuda de um ‘strainer’. Finalmente, colocar as decorações: uma pequena espetada com duas metades de morango e uma framboesa e uma vagem de baunilha meio aberta.

Sirva. Saboreie. Partilhe com os amigos. Repita.

 

A equipa da Fora de Série deseja a todos um feliz ano novo.

_MG_9978.jpg




Segunda-feira, 29 de Dezembro de 2014
29.12.2014 - Por Fora de Série, às 13:30

MUMM_Cordon-Rouge_David-Guetta_Collaboration-2-2.j

 

Em época em que o champanhe é a bebida oficial, a Mumm e o DJ internacionalmente reconhecido David Guetta acabam de lançar o primeiro videoclip de ecrã duplo do mundo. Dirigido pelo realizador sueco Jonas Åkerlund, o filme intitula-se “'Dangerous”, dá vida a uma vitória na Fórmula 1 e conta com a participação de David Guetta, do actor James Purefoy e do piloto Romain Grosjean, que é também embaixador da casa de champanhe.

A experiência de ecrã duplo permite ao utilizador usar o telemóvel para interagir com o vídeo. Para isso, terá de introduzir um código no telefone que permite realizar uma ligação com o computador que está a passar o vídeo da música. Esta acção permite desbloquear instantaneamente um novo conteúdo de vídeo da música de David Guetta produzido especialmente para os dois ecrãs. O sistema permite ainda que o utilizador coloque o telefone em vários pontos do ecrã para descobrir vários recursos interativos entre os dois ecrãs. Para assistir ao ‘vídeoclip’ e testar a tecnologia de ecrã duplo, basta aceder a este endereço, para obter o código de visualização e ligar-se ao seguinte site através de um ‘smartphone’. Depois é só inserir o código e seguir as instruções. IQ




Sexta-feira, 26 de Dezembro de 2014
26.12.2014 - Por Fora de Série, às 09:30

COP-POOL-26.jpg

É uma forma, no mínimo, original para dizer adeus a 2014. Ou bom dia a 2015. O quase centenário Belmond Copacabana Palace no Rio de Janeiro, um dos hotéis mais luxuosos e exclusivos do mundo, oferece aos seus hóspedes uma experiência única: um pequeno-almoço estilo piquenique no Cristo Redentor, desfrutando deste emblemático monumento sem ter que enfrentar as multidões habituais de turistas. Ou seja, antes da sua abertura ao público. Os hóspedes saem do hotel às 5 da manhã e são acompanhados até ao alto da montanha com 710 metros de altura onde poderão deleitar-se – completamente a sós – com uma vista de cortar a respiração sobre a Cidade Maravilhosa. Mais informações em www.belmond.com

Catarina Palma

Tags:



Quarta-feira, 24 de Dezembro de 2014
24.12.2014 - Por Fora de Série, às 17:00

 

IMG_6054-c.jpg

 Foto Paulo Figueiredo

 

Vivemos uma época especial. As cidades, os bairros e as casas iluminam-se para celebrar o Natal. Com um esplendor tão grande que até do espaço se vêem as luzes.

Tamanho brilho merece ser recordado, pelo que a Fora de Série, em parceria com a Alcatel OneTouch, está a premiar a melhor fotografia de iluminações de Natal.

Por isso, envie-nos as suas fotografias. Podem ser de sua casa, do vizinho, na rua, em Portugal ou no estrangeiro. A melhor vence um ‘smartphone’ Alcatel OneTouch Idol X+, no valor de 259 euros.

 

 

IDOL X+ Spin Black Special V1.0.jpg

O Prémio:

O Alcaltel OneTouch Idol X+ é um telemóvel poderosíssimo, com um processador de oito cores a 2 Ghz, 16 GB de memória interna e 2 GB de Ram. Ecrã de 5’’ Full HD e duas câmaras, traseira e frontal, com 13.1 e 2 MP respectivamente. Pesa 130 gr e tem uma espessura de apenas 8.1 mm. O sistema operativo é o Android Jelly Bean 4.2 e, na caixa, estão ainda uns auscultadores JBL.

 

Como concorrer:

Faça um like no ‘post’ e envie as suas fotografias para o e-mail

foradeserie@economico.pt. O passatempo tem início hoje, quarta dia 17 de Dezembro, e termina dia 26. Os vencedores serão anunciados no dia 30 de Dezembro. A eleição será feita por um membro da redacção da Fora de Série e pelo Editor de Fotografia do Diário Económico. Juntos seleccionaremos as três melhores, que serão depois enviadas para a Alcatel OneTouch, a quem caberá a responsabilidade pela escolha final da vencedora. Fora de Série

 

 




24.12.2014 - Por Fora de Série, às 13:30

_DSC5030_3.jpg

Desenhada por Domenico Dolce e Stefano Gabbana, a árvore de Natal que ornamenta a grande entrada do Hotel Claridge’s em Londres é facilmente a mais fabulosa do ano (a seguir à sua, claro).

Tem oito metros de altura, 300 bolas de vidro pintadas à mão, 9 000 luzes e todos os ingredientes que abundam nos sonhos das crianças. Foi aliás, nas próprias recordações de infância que o duo mais famoso da Moda Internacional se inspirou para desenhar a árvore.

A maioria das decorações foi criada por artesãos de Bellagio, no Lago Cuomo e os enormes laços pelos próprios alfaiates da Dolce & Gabbana. Muitos ostentam as cores de várias nações, para representar as tradições natalícias por esse mundo fora e, à base da árvore, não falta sequer uma cena com animais animados, a lembrar o imaginário Disney e da Branca de Neve.

_DSC5261.jpg

O hotel londrino de Mayfair cria assim uma tradição, até porque não é a primeira vez que convida o duo italiano e, antes deles, John Galliano, então director criativo da casa Dior, para desenhar a sua árvore de Natal.

Mas se a árvore do Claridge’s ganha aos pontos em estilo, em visibilidade nada bate a grande árvore de Natal na Rockefeller Plaza em Nova Iorque, com as suas 30 000 luzes e oito quilómetros de fios. Para a observar, na melhor do que ficar hospedado no The Jewel, o único hotel em Manhattan com vista directa para a famosa árvore. Sorte do The Jewel, que nem precisa de fazer a árvore de Natal para dizer que tem a mais famosa do mundo. Feliz Natal! BL

RTR4GMP3.jpg




Terça-feira, 23 de Dezembro de 2014
23.12.2014 - Por Fora de Série, às 15:26

 

 

Stress, confusão, ‘overdose’ calórica e, no fim, pilhas de loiça para lavar? O Natal não tem de ser assim. Cada vez mais as famílias portuguesas procuram os hotéis para se reunirem, terem uma ceia diferente (e assinada por um ‘chef’ conceituado) e assim contornarem o cansaço pós-festas. Fomos conhecer a proposta do Hotel Epic Sana Lisboa – se gostar, ainda vai a tempo.

 

Tínhamos aquela ideia pré-concebida de que os natais passados nos hotéis eram tristes, refeições sem alma nem sabor, em que meia dúzia de homens de negócios solitários, apanhados em trânsito entre capitais, faziam o frete de estarem presentes só para não chamarem o ‘room service’ e sentirem-se ainda mais conscientes da sua solidão. Achávamos – erradamente, agora sabemos – que o Natal passado fora de casa devia ser obrigatoriamente impessoal, solitário e sensaborão. Descobrimos que é tudo ao contrário.

Os tempos são outros e se antes estávamos dispostos a perder anos de vida à procura de lugar para o carro nas imediações dos centros comerciais, a ganhar cabelos brancos nas filas de supermercado e a envelhecer precocemente com os preparativos para as festas, hoje, se nos acenarem com uma ceia pronta, saborosa e ainda por cima fora de casa, aceitamos prontamente. Poupa-se em vários sentidos, não só no trabalho que dá organizar, como é possível reunir toda a família à volta de uma mesa – um dos pré-requisitos do Natal – em espaços melhor preparados que muitas casas. Passar o Natal em hotéis é, hoje, uma tendência. Felizmente os tempos em que as pessoas tinham ‘medo’ dos hotéis e achavam que eram espaços a que só os hóspedes tinham direito fazem parte do passado. O restaurante do Epic Sana é a prova disso: está quase lotado para a noite da Consoada.

Escolhemos este hotel – aberto há menos de dois anos, junto às Amoreiras – por fazer parte de um grupo hoteleiro – Sana – que tem crescido a uma velocidade vertiginosa e que quase todos os meses nos presenteia com novidades. Desde a produção de vinhos próprios a inovadores programas de ‘fitness’ (os famosos ‘bootcamps’ que tanto sucesso fizeram este verão), passando pela chegada iminente de um ‘supper club’ – quando o Switch Lisboa abrir prometemos contar tudo. Fazia, pois, sentido, irmos descobrir o que o francês Patrick Lefeuvre (ex-Ritz Four Seasons) planeou para a noite de dia 24.

 

 

 




23.12.2014 - Por Fora de Série, às 15:24

LaPetillante2.gif

 

O Champagne é estrela neste espaço, mas também há vinhos e produtos ‘gourmet’ de nacionalidade francesa. A La Pétillante está situada em Campo de Ourique, em Lisboa, e é uma garrafeira que vai mais além e onde também se encontra desde ‘patés’, ‘terrines’, sopas, molhos e mostardas, a chupa-chupas artesanais, caramelos, biscoitos e ‘macarons’. Tudo com selo francês e de marcas como a Secret de Famille, Biraben, Menou, Fossier, Les sucettes de Val André, Crustarmor e Fallot. Os champanhes são provenientes dos quatro ‘terroirs’ e estão disponíveis 22 ‘cuvées’, brancos e rosé, oriundos principalmente de pequenos produtores - La côte des blancs, La vallée de la Marne, Montagne de Reims e La côte des bars. A La Pétillante é ainda embaixadora do champagne Laurent Perrier.

Quanto aos vinhos, são oriundos das regiões vinícolas mais emblemáticas de França: Bordeaux, Alsace, Loire, Bourgogne, Beaujolais, Vallée du Rhône, alguns dos quais inexistentes em Portugal até à data. E em breve, haverá também vinhos de Languedoc e Sud-Ouest. Para os retardatários das compras de Natal, esta pode ser uma boa opção e fica na Rua Infantaria 16, nº89. CSB

 

 




23.12.2014 - Por Fora de Série, às 13:30

 

O relógio de James Bond, o vestido de Keira Knightley, o colar de Angelina Jolie, os sapatos de..., não há dúvida de que os mais belos anúncios estão no cinema. Não só porque este não nos impinge os produtos descaradamente como também porque nos conta histórias e nos faz sonhar. Esta parece ser, pelo menos, a opinião de Tyler Cooper, fundador e CEO da empresa The Take, que acaba de lançar uma aplicação com o mesmo nome para iPhone.

O objectivo desta ‘app’ é simples. Através de uma tecnologia similar à “Shazam”, a “The Take” identifica automaticamente cenas do filme que estamos a ver e destaca as peças usadas por este ou aquele actor, dando-nos a oportunidade de as comprar no acto se assim pretendermos. Melhor ainda, se o artigo que queremos comprar for demasiado caro para as nossas possibilidades, temos várias outras opções à escolha e a preços menos antipáticos. Não será exactamente a mesma coisa, mas é parecido e, pelo menos, não precisamos de andar à procura. IQ




Segunda-feira, 22 de Dezembro de 2014
22.12.2014 - Por Fora de Série, às 15:55

The-Yeatman_Spa_Piscina-Exterior_Vista-jardins-e-P

 

Passada a azáfama das festas, o que lhe propomos é um almoço tranquilo no dia 1 de Janeiro. No The Yeatman as sugestões são acompanhadas por adjectivos como elegância e boa gastronomia. o almoço é composto por dois ‘buffets’, que incluem pratos quentes e frios, cada um com cerca de uma dezena de opções elaboradas pelo ‘chef’ Ricardo Costa. A selecção de vinhos é da responsabilidade de Beatriz Machado, a partir de uma carta de vinhos que já foi considerada uma das melhores do mundo pela revista norte-americana "Wine Spectator", que lhe atribui o “Best Award of Excellence”.

Peixes fumados com ‘crème fraiche’ e flor de alcaparras, Presunto de porco Bísaro, Carpaccio de vitela com lascas de parmesão e rúcula selvagem, Enchidos regionais com pickles caseiros, Taça de mariscos cozidos, Salada de sapateira, entre outros. Nos quentes, as sugestões passam por Caldo de aves clarificado com ‘raviólis’ de cogumelos, Espargos verdes e ovos de codorniz; Cherne com molho de lavagante, Mexilhão e caril; Carré de borrego à provençal com batata gratinada e tomates recheados com ‘ratatouille’; ‘Jarret’ de vitela de leite glaciada, Cogumelos, Castanhas e molho de gengibre. Para rematar, Tarte de frutos vermelhos com canela "quente”, Bilharacos de abóbora ou Ovos-moles de Aveiro. Se vai aproveitar a sugestão, convém reservar o mais depressa possível no site do The Yeatman ou através do telefone - 220133100. CSB

 

The-Yeatman_Restaurante-Almoço.gif

 

 

 




22.12.2014 - Por Fora de Série, às 13:30

T_A4_49655_52_1412SBF6A.gif

A fechar o ano da sua morte, assistimos a mais uma homenagem do mundo da relojoaria a Eusébio da Silva Ferreira. Desta vez pela mão da Girard-Perregaux, o que torna desde logo o tributo numa peça muito exclusiva. Esta Edição Especial da Girard-Perregaux em homenagem ao Pantera Negra está limitada a 36 peças, os 36 títulos que conquistou enquanto jogador ao longo da sua carreira. O número, baixo para tantos fãs, justifica-se pelo preço: 35.500 euros. Não podia ser de outra forma já que se trata de um Girard-Perregaux TRAVELLER WW.TC, com caixa de 44 mm em ouro rosa, calibre automático da manufactura com grande-data, fases da lua e 2º fuso horário com indicador dia/noite.

O que separa este, “especial”, do outro, “normal,” é o número 10, o mítico número de Eusébio na selecção, a sobressair dos demais em vermelho. Além do ponteiro dos pequenos segundos na mesma cor e da bracelete em pele de crocodilo, negra, com pespontos também em vermelho. No verso, a efígie do futebolista surge impressa no vidro de safira, enquanto a caixa apresenta a inscrição “Tributo a Eusébio” e o número da peça. Paralelamente, a marca suíça associa-se ao projecto Fundação Benfica “Para ti Se não faltares!”, através do qual se combate o absentismo e o insucesso escolar de crianças e jovens em risco. A Edição Especial Girard-Perregaux Eusébio está à venda em exclusivo na Boutique dos Relógios Plus. BL




Domingo, 21 de Dezembro de 2014
21.12.2014 - Por Fora de Série, às 12:00

TO011AW1410_1.gif

  

Recentemente criada, a Miopo é uma marca portuguesa de pronto a vestir, que se lançou no mercado apostando na venda online, através do seu site. Utilizando óptimos materiais e acabamentos cuidados, a Miopo, cujo nome vem das palavras Minhas Oportunidades, pretende também incentivar o desenvolvimento espiritual dos seus clientes, já que cada peça é adornada por uma fita com uma mensagem inspiradora. A colecção de Outono/ Inverno foi buscar a sua influência aos anos 50 do século passado e à moda masculina, apresentando-se assim com peças muito estruturadas. Quem duvide do ‘look’ andrógino para esta estação, que pergunte à pequena Shilow Jolie-Pitt, a ‘it girl’ desta semana. CLM




Sábado, 20 de Dezembro de 2014
20.12.2014 - Por Fora de Série, às 12:30

Fofo-de-Chocolate-com-sorbet-de-cenoura-e-laranja.

 

A segunda das Receitas Partilhadas entre o Hotel da Estrela e a Artisani está pronta a despertar a gula: Fofo de chocolate coberto com ‘ganache’ com Gelado de cenoura e laranja da Artisani. A receita, tal como aconteceu com a primeira desta série – Leite de creme de castanhas com ‘sorbet’ de maracujá –, está disponível no facebook do Hotel e da Artisani. Uma boa sugestão para a mesa de Natal. CSB




Sexta-feira, 19 de Dezembro de 2014
19.12.2014 - Por Fora de Série, às 13:30

Avenue-(1).jpg

 

O restaurante Avenue, sob a gestão de Marlene Vieira, acaba de inaugurar uma nova carta para dar as boas vindas ao Inverno.

Natural da Maia e com apenas 34 anos de idade, Marlene Vieira faz parte dos novos nomes da criação gastronómica nacional, sendo uma das muito poucas mulheres a dar cartas neste universo predominantemente masculino. Além de liderar a cozinha do restaurante Avenue, no n.º 129B da Avenida da Liberdade, a ‘chef’ tem um espaço com o seu nome no Mercado da Ribeira e é uma das professoras do programa da RTP “Chefs’ Academy”.

Quanto à nova carta do Avenue, cogumelos, trufas, citrinos, marmelos e castanhas, são algumas das matérias-primas eleitas por esta jovem ‘chef’ portuguesa para enriquecer as propostas gastronómicas do restaurante. A nova ementa inclui agora quatro menus de degustação e várias novidades, entre as quais “bacalhau à minha moda”, o “leitão de sarrabulho” e o “arroz de pato”, propostas que se inserem no mesmo conceito de homenagem à gastronomia portuguesa que caracteriza as recriações desta ‘chef’. Entre as novas sobremesas, destacam-se a “texturas de citrinos”, o “marmelo, pistacho e queijo”, e o “chocolate, cogumelos e castanhas”. IQ

Bacalhau-à-minha-moda.jpg

Tags:



Quinta-feira, 18 de Dezembro de 2014
18.12.2014 - Por Fora de Série, às 19:00

tronco-de-natal.gif

 

Sabe quantos dias faltam para a Consoada? Cinco. Se não teve oportunidade de planear o jantar, a ceia e o almoço de dia de Natal, ou se ainda vai ter menos tempo para o executar, saiba que, em matéria de doces, a Eric Kayser promete ajudar. Bolo-rei, Bolo-Rainha, Tronco de Natal, bolachas alusivas à quadra e outros exemplares da doçaria francesa estão disponíveis em todas as lojas Eric Kayser. CSB

 

bolachinhas.gif

 

Tags:



18.12.2014 - Por Fora de Série, às 17:37

geral.gif

 

O Chiado está engalanado e a responsabilidade não é apenas das iluminações de Natal. Há uma nova loja que promete embelezar ainda mais as portuguesas: a Benefit. No número 96 da Rua Nova do Almada, dois pisos estão reservados à Beleza: aos cosméticos Benefit e, estreia em Portugal, aos “Beauty rooms” (reservados à depilação do corpo, rosto e sobrancelhas; aplicação de pestanas falsas e coloração; maquilhagens e ‘cocktails’ de beleza); aos “Jet bronze” (para manter a cor da praia durante o ano inteiro); e às “Beauty Bash”, onde se realizam ‘workshops’ de maquilhagem. Na sala grande há também uma mesa no centro dedicada a festas privadas de grupos de amigas (aniversário, despedidas de solteira, etc.).   

 

gabinetes.gif

 

A marca que nasceu nos anos 70, em São Francisco, pela mão das duas gémeas americanas Jean e Jane Ford, surgiu da paixão comum pela cosmética – eram ambas modelos profissionais – e materializou-se na abertura de uma loja: a “The Face Place”. Um lugar onde os produtos apresentavam uma garantia de elevada qualidade, adequados às mais variadas necessidades das mulheres, mas com uma apresentação divertida e embalagens decoradas com ‘pin-ups’.

 

fachada.gif

 

Só nos anos 90 é que a linha de cosméticos ganha o nome actual, Benefit. E, em 1999, é adquirida pelo mais importante grupo de luxo do mundo, o LVMH (Louis Vuitton Moet Hennessy). A Portugal, chega pela primeira vez em Novembro de 2007, onde se mantém como marca exclusiva nas lojas Sephora. Tal como se mantém a máxima das manas Ford: “O riso é o melhor cosmético. Por isso, ria e use-o”. CSB

 

Tags: