Quinta-feira, 30 de Junho de 2011
30.06.2011 - Por Fora de Série, às 16:46

 

 

É no bairro económico e financeiro de Guangzhou, no sul da China, que a Sofitel Luxury Hotels abriu o seu último hotel. O Sofitel Guangzhou Sunrich fica a menos de um quilómetro do emblemático arranha-céus CITIC Plaza e a poucos minutos da East Railway Station, uma importante ligação entre Guangzhou e Dongguan, Shenzhen e Hong Kong. Com 493 quartos e suites, todos com vista para os arranha-céus característicos do bairro de Tianhe, o novo Sofitel tem três restaurantes e dois bares, onde a fusão gastronómica é um dos pontos altos. No “Robata Grill & Bar” é possível provar um bife com um moderno izakaya japonês e um autêntico robatayaki, um sushi bar com um longo corredor através de uma adega. Já o “Le Chinois” tem em destaque a famosa gastronomia cantonesa e o “8 Faubourg” recria a decoração típica de um apartamento parisiense, sendo que, para saborear a pastelaria francesa, o sitio certo é o “Mar-Tea-Ni Lounge Bar”, onde está um ‘sommelier’ que ajuda os hóspedes a escolher o chá perfeito para a ocasião.

A rede Sofitel já tem, com esta nova abertura, 20 hotéis naquele país, sendo o Sofitel Guangzhou Sunrich uma aposta para receber quem procura arte e cultura, já que Guangzhou acolhe alguns dos principais eventos do país nestas áreas. AFA

Tags:



Quarta-feira, 29 de Junho de 2011
29.06.2011 - Por Fora de Série, às 16:17

 

Não tenho a certeza se existem estudos e conclusões documentadas sobre o assunto, mas continuo a acreditar que uma das principais causas de divórcio é o facto de nos deitarmos todas as noites ao lado de uma pessoa que ressona. Percebo que é um problema, alguns até sérios, mas, definitivamente, é meio caminho andado para que a frase “até que a morte nos separe” deixe de fazer sentido. E acredito também que há mais gente, muita gente, a pensar o mesmo. Posto isto, foi com alegria que fiquei a saber que o Crowne Plaza Vilamoura – Algarve Hotel & Spa pode estar a dar o primeiro, e enorme, passo para resolver este problema entre casais. A cadeia hoteleira lembrou-se de criar um “Quarto Anti-Ressonar”, com direito a aspas e a caixa alta. Ou seja, é um quarto com painéis de insonorização nas paredes para absorver as altas-frequências, desviar as ondas sonoras e minimizar o impacto do ressonar. As paredes têm espuma absorvente, em formato de caixas de ovos, que reduz o ruído no quarto, e foi especialmente criada uma tábua de cabeceira que absorve o som e que funciona em conjunto com os painéis de insonorização para abafar o eco no quarto. Mais. A cama tem ainda uma cunha anti-ressonar que actua como uma almofada corporal, que leva os hóspedes a dormirem de lado ou direitos, e uma almofada com uns ímanes que criam um campo magnético natural que abre as vias respiratórias e endurece o palato superior que vibra durante o ressonar. Todas estas técnicas parecem um sonho, ou melhor, garantem bons sonhos. Resta passar por Vilamoura, no Algarve, e experimentar, até dia 6 de Julho. A reserva deve ser feita pelo 289381900 ou através do e-mail reservations@cpvilamoura.com. AFA

Tags:



Terça-feira, 28 de Junho de 2011
28.06.2011 - Por Fora de Série, às 16:52

 

 

Os lisboetas já não se podem queixar de não terem onde comprar peças de algumas das marcas mais conceituadas de vestuário masculino. Durante esta semana, se passar pela Rua do Arsenal, para onde a Associação Moda Lisboa mudou as suas instalações, vai poder encontrar peças Dries van Noten, Comme des Garçons ou Yohji Yamamoto e ainda peças criteriosamente seleccionadas de ‘designers’ portugueses como Daniel Dinis, Ricardo Dourado ou Armando Cabral.

Tudo isto graças à Wrong Weather, uma icónica loja do Porto e eleita a melhor loja do país nos prémios da Fashion TV, que decidiu descer à capital para aí mostrar e comercializar as suas peças até ao dia 2 de Julho. A Fora de Série visitou a loja no Porto e falou com João Pedro Vasconcelos, em Lisboa, que se mostrava visivelmente contente com a recepção que esta Pop Up Store está a ter. A conversa teve lugar poucos dias depois de João Pedro chegar da Pitti Uomo, uma grande feira de moda masculina que decorreu em Itália e onde as grandes marcas de vestuário masculino fazem questão de marcar presença. E dois dias depois desta conversa, lá estava ele a caminho de Paris para assistir à apresentação das colecções masculinas. É nestas incursões que selecciona as peças para vender na Wrong Weather, loja que pode sempre visitar na Avenida da Boavista, no Porto, bem perto da Casa da Música.

Esta Pop Up Store é a primeira de uma série de iniciativas no novo espaço permanente da Moda Lisboa, segundo a directora desta associação, Eduarda Abbondanza. Para breve estão prometidas exposições e pequenos ‘get togethers’ para fazer deste local um ponto de passagem e de descontracção para os amantes da moda, e não só. CTS

Tags:



Segunda-feira, 27 de Junho de 2011
27.06.2011 - Por Fora de Série, às 09:00

 

A Bell & Ross acaba de inaugurar a sua primeira loja em Paris, o berço da marca de relógios. Depois da abertura de sete lojas, na Ásia e no Médio Oriente, em 2010 e 2011, a cidade das luzes era o destino que faltava cumprir na estratégia de crescimento internacional da Bell & Ross.

“França tem um mercado muito dinâmico, com clientes sofisticados e exigentes. Esta abertura permiti-nos oferecer aos coleccionadores uma selecção de relógios mais vasta, que reflecte os princípios estéticos da marca”, afirmou Carlos Rosillo, o presidente da marca.

A loja parisiense fica em Village Royal, no coração do bairro da Madeleine e destino eleito de muitas outras marcas de luxo. À entrada, os clientes são convidados a sentar-se confortavelmente nas poltronas de couro, para tomarem contacto com os modelos da colecção Bell & Ross. IQ




Domingo, 26 de Junho de 2011
26.06.2011 - Por Fora de Série, às 13:43

 

Promete fazer furor na comunidade intelectual, o próximo perfume assinado pelo criador alemão Karl Lagerfeld. "Paper Passion" será o seu nome e vai cheirar essencialmente a... livros. Lagerfeld ter-se-á inspirado na sua vasta - e famosa - biblioteca para criar todo este conceito, que passa por vender o perfume numa caixa encadernada com forma de livro. A essência, essa, será desenvolvida pelo 'nez' sediado em Berlim, Geza Schön, e a cartonagem será trabalhada em conjunto entre Lagerfeld e a editora Steidl (que publica a maioria dos livros de fotografia do criador). Foi Steidl, aliás, quem forneceu a Schon amostras de papel impresso, para o ajudar na sua demanda pela fórmula certa para "Paper Passion". Não será novidade no mercado, visto que já existem o "Paperback" de Demeter, o "Tome 1" de Zadig & Voltaire’s, o "Hammam Bouquet" da Penhaligons ou as velas "Books" da Assouline, mas será, certamente, inovador. Ora não fosse uma ideia do "Kaiser". RIN

Tags:



Sábado, 25 de Junho de 2011
25.06.2011 - Por Fora de Série, às 09:00

 

Para aqueles que gostavam de saber jogar golfe mas não fazem a mais pálida ideia de como se segura num taco, mas também para os mais experientes, que pretendem aperfeiçoar a sua técnica de jogo, o resort CS Morgado do Reguengo, no Algarve, oferece a solução ideal.

Todos os sábados, das 09h às 13h e das 15h às 18h, os campos CS Morgado Golf ou CS Álamos Golf, ambos inseridos no resort, estão à disposição tanto de principiantes como de consagrados. As aulas estão a cargo do professor Almerindo Sequeira e são gratuitas.

Com a Serra de Monchique como pano de fundo, todos os interessados poderão tirar partido de uma manhã ou tarde ao ar livre, enquanto aproveitam para aprender os princípios teóricos e práticos do golfe, ou mesmo desenvolver as suas capacidades de jogo. IQ

Tags:



Sexta-feira, 24 de Junho de 2011
24.06.2011 - Por Fora de Série, às 11:38

 

A Prada deu hoje os seus primeiros passos na Bolsa de Hong Kong. O título Prada abriu a sessão nos 39,6 dólares de Hong Kong (3,56 euros), em ligeira alta de 0,25% relativamente ao do seu preço de entrada na bolsa.

Na semana passada, o grupo italiano de luxo vendeu aos investidores cerca de 423,2 milhões de acções por 39,5 dólares de Hong Kong (3,55 euros), um valor inferior ao inicialmente previsto, mas considerado ainda muito elevado na opinião de alguns analistas, que temem que os efeitos da lei fiscal italiana possam mitigar o entusiasmo dos investidores.

Entusiasmado estava, sem dúvida, Patrizio Bertelli, o CEO da Prada. “Somos o primeiro grupo de luxo italiano a cotar-se aqui e isso é um evento marcante para a Bolsa de Hong Kong”, disse ainda antes da abertura da sessão. Pouco depois, em declarações à imprensa, Bertelli mostrava-se satisfeito com “os primeiros sinais positivos” do título Prada em bolsa, adiantando estar certo de que “o mercado chinês vai ser muito interessante para as marcas de luxo”. IQ

Tags:



Quinta-feira, 23 de Junho de 2011
23.06.2011 - Por Fora de Série, às 09:13

Mais portátil é impossível. Não vai dos 0 aos 100 em 3 segundos, mas é poderoso e tem um design tão arrojado como o novo Aventador. É o notebook ASUS-Automobili Lamborghini VX7, que personifica a excitação de conduzir um Lamborghini com as suas linhas agressivas e ultra-desportivas. Da parceria entre a ASUS e a Lamborghini nasce mais um modelo de portátil que alia a tecnologia avançada à concepção de luxo, ao design e a engenharia automóvel. Em termos de desempenho é um topo de gama e por isso não vamos entrar em pormenores, basta consultar o site para saber mais. Mas como é também nos detalhes que reside o interesse, adiantamos que este VX7 tem um botão de on/off que replica, na perfeição, o botão de ignição das máquinas italianas, os Lamborghini, quem mais? E o preço: 1799 euros. Onde compra um Lamborghini por tão pouco? RIN

Tags:



Quarta-feira, 22 de Junho de 2011
22.06.2011 - Por Fora de Série, às 08:47

 

A cavalo mas também nos 'courts'. Com o mais famoso torneio de ténis disputado em relva do Grand Slam a jogar ainda os primeiros sets, a Ralph Lauren não perde tempo: além de ter criado os uniformes oficiais dos apanha-bolas, a marca americana vai também participar nas celebrações do 125º aniversário do torneio de Wimbledon. É já um feito o facto de Ralph ter conseguido, em 125 anos, ser o primeiro designer a tornar-se 'Official Outfitter' de Wimbledon, numa parceria com o All England Club que durará até 2015. E esta semana, a primeira em que decorre o torneio, a marca americana lança um desafio a quem queira celebrar, com a Ralph Lauren, os 125 anos do torneio. Boris Becker, o tenista que é também embaixador da Polo Ralph Lauren, vai ser o anfitrião, num 'court' de ténis virtual, de celebridades, media e público em geral, que queiram medir a velocidade do seu serviço. Há prémios para os melhores e não se admire se começar a ver amigos seus, no Facebook, em poses de Federer ou Nadal. A tecnologia permite registar o momento e disseminá-lo nas redes sociais. RIN

Tags:



Terça-feira, 21 de Junho de 2011
21.06.2011 - Por Fora de Série, às 12:32

 

Donnatella Versace já assinou o contrato. A Versace, marca que dirige desde a morte do irmão, Gianni, vai ser a próxima guest designer da gigante H&M, que todos os anos convida um designer ou marca para criarem uma linha para ser vendida nas suas lojas. Jimmy Choo, Lanvin, Roberto Cavalli, Comme des Garçons, Matthew Williamson, Sonia Rykiel, Stella McCartney, Viktor & Rolf ou Karl lagerfeld são alguns dos nomes que já criaram peças para a cadeia sueca. A colecção de Versace vai chegar às 300 lojas da marca (e ao site) já em Novembro. E esperam-se as habituais filas de fanáticas destas parcerias, que prometem esgotar o 'stock' existente em algumas horas... RIN 

Tags:



21.06.2011 - Por Fora de Série, às 12:23

 

Era um velho sonho que faltava realizar. Quando há dois meses estivemos com ele na Madeira, João Rodrigues mal disfarçava a ansiedade perante a perspectiva de fazer a travessia até às ilhas Selvagens em prancha à vela. “Eu acho que é o sonho de qualquer velejador”, confidenciou, na altura, à Fora de Série. “ As travessias sempre me fascinaram. Sempre adorei essa sensação de autonomia; de poder delinear um percurso e de fazê-lo a seguir... primeiro do Clube Naval até ao Funchal; depois, até às Desertas; depois, do Porto Santo para cá... As únicas ilhas que faltavam eram mesmo as Selvagens”.

Faltavam e faltava marcar uma data para a tão almejada travessia. Tudo iria depender das condições meteorológicas o que, para o caso, implicava a garantia de que iria contar com vento ao longo de todo o percurso. As possíveis datas foram-se sobrepondo: primeiro Abril, depois Junho.

A travessia, que assinala a celebração dos 40 anos da passagem das Selvagens a Reserva Natural acabou por acontecer no passado dia 14. Ao longo de 10 horas, o velejador percorreu os cerca de 300 quilómetros de um percurso que não se fez sem sobressaltos, com quedas à água, lemes partidos e ondas de quatro metros. No final, valeu a pena. Como escreveu Fernando Pessoa, “Tudo vale a pena se a alma não é pequena. Quem quer passar além do Bojador tem que passar além da dor”.

Para João Rodrigues este foi mais um sonho realizado. Um sonho que o poderá fazer entrar para o Guinness. Mas, para este ex-campeão, vice-campeão mundial e tetra-campeão europeu os sonhos não ficam por aqui. Talvez para o ano consiga realizar mais um e trazer para casa uma medalha olímpica. IQ




Segunda-feira, 20 de Junho de 2011
20.06.2011 - Por Fora de Série, às 12:47

 

 

O conceito já tinha sido lançado em Lisboa: um espaço de culto e de experimentação da alta joalharia e relojoaria. A loja ‘wonderlab’ que a David Rosas Joalheiro abriu, em 2008, no Centro Comercial Colombo, deu provas de sucesso e por isso a marca decidiu inaugurar uma nova ‘concept store’, desta feita, no Porto.

A nova loja da David Rosas, no Norteshopping, promete dar continuidade a uma oferta diferenciada e a um serviço distinto a que a marca já habituou os seus clientes. A arquitectura do novo espaço é o que mais surpreende, tal como já tinha acontecido com a loja na capital. Luísa Rosas, a arquitecta da família e responsável por mais este projecto, seguiu a mesma filosofia e criou linhas ímpares e arrojadas, utilizando uma textura feita em centenas de peças que criam um filtro entre o interior e o exterior da loja e confere uma sensação de movimento. A iluminação é feita através de dezenas de copos em cobre, pendurados a diferentes alturas. Um toque de modernidade que se estende às peças joalheiras e relojoeiras ali representadas. AFA




Sexta-feira, 17 de Junho de 2011
17.06.2011 - Por Fora de Série, às 18:11

 

A Prada reviu em baixa as suas previsões quanto ao montante que espera encaixar com a entrada na Bolsa de Hong Kong, prevista para o próximo dia 24. De acordo com a agência Dow Jones Newswires, que cita uma fonte próxima do processo, o grupo italiano prevê um encaixe de 1,6 mil milhões de euros, face aos 1,8 mil milhões inicialmente previstos.

Na origem desta revisão esteve um acolhimento frio por parte dos investidores privados, que temem os efeitos da lei fiscal italiana sobre as mais-valias assim que as acções da Prada estiverem cotadas na bolsa. IQ

Tags:



Quinta-feira, 16 de Junho de 2011
16.06.2011 - Por Fora de Série, às 15:05

 

Para homenagear as suas raízes, a Lacoste iniciou uma parceria com o Clube VII, em Lisboa, para ter o seu próprio ‘court’ de ténis. Com uma área total de 18 por 36 metros, o ‘court’, em relva sintética e com cobertura, é exclusivo para os associados do Clube VII e celebra a paixão do fundador da marca, René Lacoste, pela modalidade.

Esta não é a primeira parceria que a Lacoste tem em torno do ténis. A marca francesa está associada há mais de 40 anos ao Open Roland Garros e patrocina mais de 60 jogadores profissionais mundiais, sendo que em Portugal, Frederica Piedade é a actual embaixadora da marca.

René Lacoste foi o responsável pela invenção da primeira raquete em metal, em 1963. A marca não deixa estes feitos por mãos alheias e prepara-se para, no próximo ano, lançar a raquete R12, que combina a madeira e o grafite para uma maior resistência e estabilidade dos jogadores. Mais um lançamento Lacoste cuja inovação está no seu ADN. AFA

Tags:



Quarta-feira, 15 de Junho de 2011
15.06.2011 - Por Fora de Série, às 11:30

 

Há quem diga que “3 foi a conta que Deus fez”. Qual a origem do dito não sabemos, mas, a ser verdade, este gin é certamente um n.º 3. Acaba de chegar a Portugal pela mão da Berry Bros & Rudd, que o produz, e da Sogrape, responsável pela distribuição em território nacional.

O nome de baptismo do N.º 3 teve várias origens, a começar pela homenagem ao n.º 3 da St. James’s Street, em Londres, a morada oficial da Berry Bros & Rudd há mais de 300 anos, mas também aos três séculos de experiência dos mestres destiladores que apuraram esta receita secular da BB&R.

Três mais três é a soma das frutas e especiarias que moldam o carácter deste gin. Zimbro, casca de laranja e casca de toranja, por um lado, raiz de angélica, cardamomo e coentros, por outro, que lhe conferem as notas florais e o sabor fresco dos citrinos a que não falta um final levemente picante. E, como se não bastasse, três é ainda o número mágico obrigatório para preparar um ‘Dry Martini”, como lembra Alessandro Palazzi, bar manager do Duke’s Hotel, em Londres. A saber: Martini, o N.º3 e uma casquinha de limão. IQ

Tags: